Quais são as principais enfermidades do fígado?

Início / Dicas / Quais são as principais enfermidades do fígado?
Quais são as principais enfermidades do fígado?

Quais são as principais enfermidades do fígado?

Enfermidades do fígado: As doenças do fígado, agudas e crônicas, são problemas frequentemente encontrados na rotina clínica e com grande repercussão no sistema de saúde pública. Entre as doenças agudas, encontramos as hepatites tóxicas (como por medicamentos) e as hepatites virais (como A, B, D, E, e outras viroses – febre amarela, dengue, citomegalovírus, herpes, etc.). E, entre as doenças crônicas, devemos chamar a atenção em nosso meio para as etiologias de origem viral (como hepatites B, C, D) e da crescente preocupação mundial da doença hepática de gordura do fígado – esteatose (relacionada à etiologia por álcool ou não alcoólica, frequentemente associada à obesidade e ao excesso de peso) que levam à fibrose hepática, com evolução para a cirrose hepática e carcinoma (câncer) hepatocelular em seu estágio final.

Em algumas regiões do nosso país, devemos também lembrar que as doenças do fígado possam estar relacionadas a infecções parasitárias, tais como esquistossomose, malária, amebíase, toxocaríase e hidatidose, além de germes oportunistas em pacientes imunodeprimidos. Além disso, o fígado pode apresentar doenças relacionadas a fenômenos de autoimunidade (hepatite autoimune, colangite esclerosante primária, colangite primária autoimune, síndromes de superposição), doenças genéticas/metabólicas (hemocromatose – por sobrecarga de ferro, doença de Wilson – por depósito de cobre), vasculares (síndrome de Budd-Chiari, doença veno-oclusiva por ingesta de ervas ou chás, hormônios anabolizantes), assim como de tumores benignos (adenomas, cistos, hemangiomas, hiperplasia nodular focal) e/ou malignos. Devemos chamar a atenção que o fígado pode apresentar alterações relacionadas a doenças sistêmicas, como na insuficiência cardíaca congestiva. Como resultado, está cada vez mais importante em medicina que a detecção das doenças do fígado em fases mais precoces poderá proporcionar um tratamento e correção dos fatores predisponentes, evitando-se a progressão para fases mais avançadas da doença.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Precisa de ajuda? Whatsapp