Hepatite C: a cura está em suas mãos

Hepatite C: a cura está em suas mãos

Olá! Espero que você e seu fígado estejam bem.

Sabia que há um plano do governo, baseado numa proposta da Organização Mundial da Saúde, de que até 2030 a hepatite C deixe de ser um problema de saúde pública no Brasil?

Isso não significa erradica-la de vez. Para isso, seria necessário ter uma vacina, e ainda não temos. Faço votos para que o plano dê certo.

Mas, ao invés de me ater a ele, vou contar como você pode fazer para evitar ou diagnosticar essa doença, que muita gente tem e nem desconfia. Isso porque ela é transmitida pelo sangue.

Daí ser um possível candidato a ser portador da hepatite C quem recebeu transfusão de sangue, fez alguma cirurgia, tem tatuagem, colocou piercing, compartilha alicate na manicure, faz sexo sem proteção, usa drogas injetáveis, além de ter mais de 40 anos.

Uma vez no organismo, o vírus da hepatite C se instala no fígado. Ali, ele se multiplica e destrói as células hepáticas, provocando lesões no órgão de maneira silenciosa até que, ao longo dos anos, elas podem culminar numa cirrose ou num câncer.

Por isso é que o maior desafio está no diagnóstico. Inicialmente ele pode ser feito num teste rápido no SUS ou no sistema de saúde complementar, usando uma pequena amostra de sangue, num dispositivo descartável. Se der positivo, é preciso consultar um hepatologista com título de especialista pela Sociedade Brasileira de Hepatologia, que vai solicitar exames laboratoriais, para se certificar do resultado, e, se for o caso, iniciar o tratamento.

As medicações atuais apresentam um índice de cura que pode chegar a 100%. Mas só se elas forem administradas assim que ficar constatado que a pessoa possui hepatite C. Afinal, o remédio elimina o vírus, não o estrago que ele pode ter causado no fígado. E que pode perdurar para sempre mesmo depois de curada da hepatite C, dependendo da intensidade da fibrose que foi produzida.

Faça o teste. É simples, é rápido e não dói. Não deixe de se cuidar. Um abraço, e até o próximo AI, MEU FÍGADO!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Precisa de ajuda? Whatsapp