Quanto você sabe sobre câncer de fígado?

Quanto você sabe sobre câncer de fígado?

Olá! Espero que você e seu fígado estejam bem. Um dos assuntos que mais trato no meu dia a dia, tanto no Hospital das Clínicas quanto no meu consultório, é o carcinoma hepatocelular. Traduzindo: câncer no fígado. E uma das coisas que mais me assusta na doença é o enorme desconhecimento da população sobre ela. O que atrapalha tanto a prevenção quanto o diagnóstico precoce e as chances de termos mais sucesso no tratamento.
E, como eu já disse em outros vídeos aqui no canal, o mau do fígado é que ele sofre calado. Só dá sinais de que sofre quando a situação já está crítica. Por exemplo, quando um câncer avançado faz o órgão aumentar de tamanho.
E o que mais me angustia é que muita gente ignora fatores que poderiam evitar que a situação chegasse nesse estágio. A maioria acha que a culpa é só da bebida alcoólica. Claro que ela tem boa parcela de culpa. Mas não é a única vilã. Por trás dos tumores também podem estar as hepatites B e C e até mesmo uma doença que as pessoas de maneira perigosamente errada estão achando ser normal ter: a gordura no fígado, que pode ser causada por remédios, má alimentação e obesidade. Essas agressões produzem reações inflamatórias que estimulam a formação de fibrose ou cicatrizes. É a cirrose, que pode evoluir para uma lesão maligna. O câncer. E de pensar que tudo isso poderia ser evitado com um estilo de vida mais saudável, pautado pela moderação e pelo bom senso na hora de comer, beber e de evitar o sedentarismo, além de incluir os exames do fígado no check-up. Não deixe a falta de informação prejudicar sua saúde. Conte com o AI, MEU FÍGADO! e consulte um gastroenterologista com título de especialista em hepatologia pela Sociedade Brasileira de Hepatologia. Eu fico por aqui. Um abraço, e até o HepatoNews!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Precisa de ajuda? Whatsapp